Home

Dia da Não Violência Escolar

altNo patrocínio pedagógico da escola na afirmação da Paz e na erradicação de toda e qualquer violência no mundo, em geral, e no espaço escolar, em particular, o Agrupamento de Escolas do concelho de Caminha assinalou o Dia da Não Violência Escolar e da Paz. Palavrinha

A data, comemorada internacionalmente a 30 de janeiro, coincidindo com da data de falecimento de Mahatma Gandhi, foi assim registada com um conjunto de iniciativas diverso e amplamente participado, tanto na escola sede, em Caminha, como na Escola Básica e Secundária do Vale do �ncora, em Vila Praia de �ncora.
Em Vila Praia de �ncora, num mural especificamente preparado para o efeito, foram inscritas mensagens por todos os alunos, interpretando e partilhando a promoção da paz com a comunidade escolar. Mas não só se dedicou o mural à expressão dos alunos como também nele se registaram expressões de figuras marcantes de várias épocas da história e que, de alguma forma, deixaram de legado o seu contributo e empenho nas questões da Paz e da Não Violência.
Em Caminha, o momento comemorativo integrou a articulação com a Academia de Música Fernandes Fão, interpretando-se, num momento musical, Imagine, de John Lennon, música emblemática e de expressão singular na defesa da Paz e da não violência, na crença de que a condição humana nos torna iguais. A construção de uma pomba humana, envolvendo mais de meia centena de alunos, seguida de uma largada de bolas de sabão, concluíram este momento evocativo de uma data que urge lembrar no Mundo, sendo certo que a paz e a não violência começam, invariavelmente, em cada lar, em cada escola, em cada comunidade, repercutindo-se ao longo da vida, nos diferentes cenários sociais.
Previamente, a 28 de janeiro, e numa ação introdutória à comemoração deste dia, foi ainda realizada uma sessão dirigida a todos os alunos do nono ano do Agrupamento concelhio subordinada ao tema â??O papel do Voluntariado nos Direitos Humanos", dinamizada pelo professor Bernardino Silva, detentor de larga experiência em missões humanitárias, no âmbito das Nações Unidas, profícuo orador a quem coube a partilha de inúmeras situações onde impera a violência e onde a paz é um horizonte que tarda em ser alcançado.
Numa iniciativa dinamizada pelos docentes Carlos Magalhães e Teresa Dantas, o Agrupamento de Escolas, mais que registar o momento, entregou à causa da paz e da não violência o seu labor, empenho e ação pedagógica, construindo pontes no desenvolvimento humano dos seus alunos.
JCR| GabCom
 

Actualizado em (Sexta, 08 Fevereiro 2019 15:06)

 
Visualizações de conteúdos : 2106472
Kendall Lamm Jersey