Arquivo
Outras Ligações
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Utilizadores Ligados
Temos 89 visitantes em linha
Facebook
Share on facebook
Home

XXV Arraial Minhoto

alt

 

 

Semana do Arraial Minhoto

25 anos a festejar com os Caminhenses!

Palavrinha

A 25.ª edição do Arraial Minhoto, organizado pelo Agrupamento de Escolas Sidónio Pais (AESP), voltou a superar as melhores expectativas.O programa, sempre vasto e diversificado, sustenta a afirmação de que esta é a FESTA por excelência do Agrupamento com a sua comunidade educativa.
O cartaz deste ano refletiu a identidade singular do AESP, consolidada na união dos jardins e das escolas que o integram. As distintas iniciativas registaram grande afluência, confirmando, de imediato, a ideia de que os eventos reúnem, cada vez mais junto do público, consenso na qualidade e inovação.
altDa exposição Guernica à galeria de trabalhos do Curso de Artes Visuais, da Festa do Livro à comemoração do Dia Mundial da Criança, da Escola Aberta à Feirinha “Vila Praia de Âncora em Flor”, passamos em revista algumas das iniciativas mais marcantes.
altPara gáudio de centenas de caminhenses, a semana cultural arrancou a 19 de maio com o Concerto Arte Sinfónica que decorreu na Igreja Matriz de Caminha. Promovido em parceria com a Escola Profissional de Música de Viana do Castelo, o concerto contou com um distinto repertório que, ao longo da noite, deliciou o público: peças dos compositores Dvorak, Gaos e Chabrier foram executadas com mestria pela orquestra composta por cerca de sessenta músicos, sob a direção musical do maestro Xavier Viceiro.

O programa incluiu ainda a participação especial de concorrentes de edições anteriores do Caça Talentos: João Terleira, o tenor lírico caminhense que tem vindo a afirmar a sua carreira a nível internacional, interpretou com Sónia Martins, atualmente médica de profissão, o tema The Prayer, proporcionando um dueto mágico. Por sua vez, Ada Ferreira surpreendeu ao apresentar-se em palco para cantar o fado Foi Deus, de Amália Rodrigues, numa versão para orquestra sinfónica que dialogou de igual para igual com a fadista. No final do concerto, a satisfação era patente em toda a plateia que, rendida às vozes e à notável performance dos jovens intérpretes e músicos, aplaudiu calorosamente de pé.
A passadeira vermelha voltou a ser estendida para receber, com muito glamour, o Baile de Finalistas dos alunos do 12º e do 9º ano que irradiaram elegância e sofisticação. Organizada, respetivamente nos dias 10 e 28 de junho, por um grupo do 12º ano e pela Associação de Estudantes, a gala celebrou o fim de um ciclo de estudos num cenário Hollywoodesco, com óscares à mistura.
No dia 5 de julho, o Caça-Talentos animou o Terreiro de Caminha, projetando a imagem do AESP para fora do seu território educativo e atraindo inúmeros visitantes. O envolvimento do numeroso público na votação via SMS evidencia a qualidade do desempenho dos jovens artistas que deram alma e voz a este espetáculo inolvidável. A aplicação, criada pelo aluno do Curso Técnico de Informática de Gestão, César Magarinho, para a sua Prova de Aptidão Profissional, deu outra dinâmica à eleição. A Sara Pereira, na Categoria A, e a Ada Ferreira, na Categoria B, repetiram o feito de 2016, sagrando-se vencedoras num concurso recheado de talentos. De referir, ainda, a participação especial da Open Dance School, da Meadela, prosseguindo, assim, o desenvolvimento de novas parcerias e o diálogo com outras entidades a nível distrital.
No dia 7 de julho, o XXV Arraial Minhoto trouxe centenas de alunos, professores, pais e demais comunidade à Escola Básica e Secundária Sidónio Pais. O pessoal não docente do Agrupamento esmerou-se na organização detalhada desta festa que já faz parte integrante do calendário de romarias do concelho. A abertura oficial contou com o grupo Vira a Bombar que percorreu as ruas de Caminha e fez sentir o rufar dos bombos e das tarolas num despique que encheu de alegria e boa disposição o recinto da escola. Não restavam dúvidas. Era o prenúncio de uma noite de arromba.
O Etnográfico de Vila Praia de Âncora e o Rancho Folclórico de Dem desfilaram por entre a multidão com as cores quentes dos trajes do Minho e encantaram com a autenticidade do seu repertório, espelho dos usos e costumes do concelho. O grupo musical Roconorte, outra presença obrigatória, arrebatou pela noite dentro todas as gerações que se juntaram para um pezinho de dança. E antes da uma da manhã, foi lançado o tradicional fogo de artifício, um dos momentos mais aguardados. Valeu a espera! O IvoShow voltou a deslumbrar com uma magnífica manifestação de arte pirotécnica.
Encerrava-se, assim, com chave de ouro mais uma edição do Arraial Minhoto que é fruto do esforço coletivo desenvolvido pelo Agrupamento, corporizado nas múltiplas e variadas atividades que integram o programa.
Ao longo destes 25 anos, o AESP tem pautado a sua atuação por uma maior abertura, renovando, de ano para ano, o laço afetivo que o une à sua comunidade educativa.
O balanço final é muito encorajador. O sucesso do XXV Arraial Minhoto, arquitetado para valorizar e divulgar a qualidade do trabalho desenvolvido pelos jardins e escolas na formação das crianças e dos jovens, vem coroar a qualidade do desempenho do AESP.
A diretora, Maria Esteves, visivelmente orgulhosa, enalteceu o apoio da Câmara Municipal de Caminha a este projeto, enquanto espaço aberto à expressão da qualidade das aprendizagens realizadas ao longo do ano letivo e à preservação das nossas raízes e tradições.
 

Actualizado em (Quinta, 27 Julho 2017 06:48)

 
Visualizações de conteúdos : 1395858