AFETOS EM TEMPO DE PANDEMIA

Os afetos que costumavam, na maior parte das vezes, ser expressos com beijos e abraços onde demonstrávamos o nosso calor humano passaram a ser manifestados de uma forma diferente devido nos tempos de incerteza em que vivemos, contribuindo assim, para o nascimento de uma onda de solidariedade e partilha.

Quando o vírus ataca a população, ataca com o dobro da força a parte desta menos favorecida. Dele, surge uma infeção que ameaça matar muito mais rápido: a pobreza. Não há dor de cabeça mais forte que a de quem vê o dinheiro faltar no final do mês e não há garganta mais seca que a de quem tem pratos vazios na mesa. Estes são outros  dos sintomas do vírus e são estes que têm atormentado centenas de famílias.

Foi por isso que os alunos do 12ºA da Escola Básica e Secundária de Vila Praia de Âncora, juntamente com as professoras Bárbara Paula e Helena Brás, resolveram transformar os afetos numa ação solidária.

Este projeto, realizado no âmbito dos Domínios de Autonomia Curricular (DAC), teve como objetivo o desenvolvimento das  capacidades de pesquisa, relação e análise da comunidade envolvente.

Próximos da época natalícia e com o agravamento das condições financeiras e sociais resultantes da pandemia da COVID-19 resolveram, por bem, desenvolver uma campanha de recolha de alimentos e produtos de higiene nas turmas do 7º ao 12º ano da nossa comunidade escolar.

Contaram, nesta iniciativa, com o apoio da Conferência de São Vicente de Paula (Conferência Vicentina), que indicou oito famílias de Âncora em situação de carência.

Com os  cabazes solidários, estes alunos contribuíram para que estas famílias tenham um melhor natal, livre de privações alimentares.

É importante destacar que a palavra solidariedade não pode ser apagada dos nossos dicionários individuais em nenhuma circunstância da nossa vida pois, como escreveu o célebre autor da obra “O Principezinho”, Antoine de Saint-Exupéry, “a verdadeira solidariedade começa onde não se espera nada em troca”.

 

Inês Ribeiro e Bruna Pinto – alunas do 12ºA VPA

 

 

Related Articles

Abraço de mar

CNL